Como Se Fosse a Primeira Vez

O poema de hoje eu me inspirei no filme "Como Se Fosse a Primeira Vez" que eu particulamente gosto muito, espero que vocês gostem do poema :D


Como Se Fosse a Primeira Vez

Ela acorda toda manhã
Mostrando não saber do que acontece
Será que é mesmo sã?
Se sim, não é o que parece

Mas bobo daquele
Que naquilo que vê acredita
Ela só está pensando nele
Pensando nele, seu coração palpita

É a mesma garota de ontem
E será a mesma do dia que seguirá
Por mais que as pessoas a desapontem
Nada disso a mudará

Tudo para ela
É uma grande novidade
Como se a vida dela
Estivesse fora da normalidade

Ela vai de encontro ao menino
Como se nunca o tivesse feito
Surpresa, não sabia que seu destino
Era sentir bater forte o seu peito

Ela, vergonhosa, se despede
Com seu jeito meigo de sair
O menino logo a impede
E os dois jovens começam a sorrir

Tal como um lampejo
O menino beija a sua tez
E a menina em seus lábios dá um beijo
Como se fosse a primeira vez

E então, gostaram? Comentem ai o/

2 comentários:

João Alcim disse... / 16 de julho de 2010 10:07  

Uai... O Mat. usando a palavra "tez"? =O
Brinks, cara. Ficou ótimo e bem a cara do filme o qual também gosto muito!

Bellá disse... / 19 de julho de 2010 17:41  

táaa liindo amooor , te amo ♥