Como posso?

Olá, caros leitores.
Hoje demorei um pouco para fazer o post porque estava ajudando na empresa da minha mãe.
Espero que gostem do poema de hoje, eu o fiz logo depois que postei o último. ^^

Como posso?

Como posso, ao mesmo tempo,
Querer e não querer?
Machucar e não reclamar?
Apanhar e não doer?

Como posso?

Surdo ao som das ruas
Surdo à fala do professor
Surdo aos melhores amigos
Surdo à própria razão

Como posso?

De uma maneira é possível
Das mais difíceis, é verdade
Possuindo singular raridade
Amor age em mim dessa maneira.

Espero que tenham gostado! õ/

2 comentários:

Déborah disse... / 5 de outubro de 2009 19:11  

muito lindo jão, AMEI (:

Lari Maciel disse... / 9 de outubro de 2009 11:48  

humm lembra um pouco o amor de Camões: contraditório ^^
mto bom jão