Esperando um Milagre

Boa noite galera, como vão? O post de hoje vai fazer uma comparação de como o eu-lírico escreve com e sem sua amada... Dêem uma lida, espero que gostem ^^


Esperando um Milagre

Eu não te peço
Para ser amado
Porém eu confesso
Estar apaixonado

Eu só não quero
Ser esquecido
Mas ainda espero
Um dia ser ouvido

A vontade
De escrever
Não me invade
Sem te ver

Mas quando eu finalmente te vejo então
A poesia começa logo a se formar
Posso ouvir o bater do meu coração
Sinto uma enorme vontade de te abraçar

Mas você se vai
Some a minha asa
O meu corpo cai
Apaga-se a brasa

Só espero que um dia
Uma piscada sua flagre
Poder escrever uma poesia
Eu só espero um milagre

Como foi? Gostaram? Comentem aí :D

1 comentários:

João Alcim disse... / 21 de setembro de 2010 19:00  

Maaat! Muito boa! Achei interessante. E, de fato, é verdade. =)