Dado de bom grado

Olá, eu sou Goku!
Bom... Voltamos ao formato anterior de post... Aquela tentativa me desagradou um pouco, por isso, prefiro voltar a como era antes. O poema de hoje é sobre um momento sublime... Aliás, ela narra esse momento sublime... Quando o garoto ganha algo da garota... Espero que gostem. Comentem!

Dado de bom grado

Aos olhos firmemente olhando
Mas nunca, de fato, a encarando
E então de modo não planejado
Um beijo outrora desejado

Não sabia se era ele que a queria
Ou se o contrário é que ocorria
E foi um beijo dado de bom grado
Beijo que não precisou ser conquistado

Ah... O que jamais será pecado
Onde nenhum dos lados sai humilhado
Momento de saboroso torpor
Momento onde acaba toda dor

Modo profundo, de humanos o contato
Que estimula deveras o tato
Causa sensação prazerosa
E deixa uma alma orgulhosa!

E aí, o que acharam?

2 comentários:

Mateus Spessotto disse... / 14 de junho de 2010 19:02  

HSAUASHUASH... fico muito legal cara, descreve bem o momento! Curti mesmo ^^

Patrícia disse... / 15 de junho de 2010 17:24  

algo rude, carnal contado de maneira sutil, doce e emotiva (uahsuahsu, naaoo emo pf!!) a-do-guei =P
:* manim!