Drummond e o amor

E aí, pessoal, vamos ao post de hoje. É uma referência ao célebre poema de Carlos Drummond de Andrade que vocês podem ler se clicarem aqui. Espero que gostem então. Confiram...

Drummond e o amor

Apesar de tanta dor causada
Ser ela ainda a mulher amada?
Como pode um trovador
Insistir nesse mórbido torpor?

Desse amor sempre repleto
Todo cheio até o teto
Para depois lhe causar uma queda
Sim! No meio do caminho tinha uma pedra!

Por que um sentimento tão belo como o amor
Nos coloca sempre em dor
Tornando uma vida desgraçada,
Vida deveras amargurada?

That's all folks!

2 comentários:

Mateus Spessotto disse... / 31 de maio de 2010 18:12  

Fico bem legal a referencia ao poema de Drummond cara ^^ E como sempre o seu poema tambem ficou massa, mas isso já é rotina xD

Bella disse... / 3 de junho de 2010 17:21  

adoooro drummond , ganhoou pontos haha