Azul e rosa

Bom dia, caros leitores! O poema de hoje fala sobre essas duas cores que possuem interessante significado na pintura e na literatura. Enquanto o azul é frio e retrata a tristeza e a dor, o rosa é quente e retrata a alegria, o amor e a vontade de viver. Espero que gostem.

Azul e rosa

Ah! Sempre o amor...
Por que sempre rima com dor?
Não é dela que devo falar
Não é dela que devo cantar

Uma vida sem amar
É tão azul quanto o mar
Todavia, uma vida amorosa
Torna tudo cor-de-rosa

Tudo muito interessante
É tudo muito alegre
Tudo ocorre tão rápido
E o poeta até esquece de rimar!

É um sentimento gostoso
Deveras prazeroso
Então, por que falar de dor?
Vamos falar de amor!

Comentem! õ/

2 comentários:

Mateus Spessotto disse... / 26 de abril de 2010 15:21  

Curti mesmo cara!
"E o poeta até esquece de rimar!"
HUASHAUSHASUHUASHSAU

Patrícia disse... / 27 de abril de 2010 15:13  

aushaus curti [2] =p

;x fiquei pensando.... "o céu é azul!" azul, azul, azul,AZUL! maaaas... ele sempre representou meus sonhos... nele estão as mais belas estrelas :D

o inferno tem fogo, vermelho... rosa...amor, dor! >.<

já o amorrrr....(pira no sotaque campo grandense)
apesar de rimar com dor, de fazer sofrer... =D a gente só sofre quando perde algo bom que tinha, esta pior do que estava.... então já teve momentos melhores! que o mesmo proporcionou. Isso sempre me faz ver que só vemos o que queremos e quando queremos?! ;S por isso não é da dor que você deve falar, não são mágoas que você deve cantar :D

okok... viajei legal... :D aulinha com prof Roney hj (y)

bju, maninha q t adolla