Vivo, busco e escrevo

Passada rápida para deixar o poema dessa segunda, quase na terça. ^^

Vivo, bisco e escrevo!

Eu vivo!
É essa alegria que me alimenta
E também me contenta
Fico feliz em sentir-me tão ativo!
O sangue me corre nas veias
E é ele que me tráz a vida
Ela não deve ser sofrida
Nem preocupada com coisas feias

Eu busco!
E minha busca é pela felicidade
Encontrada verdadeiramente na amizade
À minha tristeza eu ofusco!
Rodo o mundo em busca desenfreada
Em busca de amigo verdadeiro
Quando o encontro, o vejo como luzeiro
Ele estava em minha casa com alegria renovada!

Eu escrevo!
Mesmo sem nem sempre ter motivo
Porque quando escrevo estou vivo
Sim, eu escrevo!
Uso a escrita como meu segundo porto
O brilho próprio não é minha motivação
Eu escrevo usando pena, papel e coração
E se não o faço é como se estivesse morto.

E então? Que acharam?

1 comentários:

Patrícia disse... / 22 de novembro de 2010 18:45  

=) legal *-*

fugiu do padrao d como vc escreve sempre... mas... fico mt bom!! =D huhu

nha =P amizade o/

bju