Castelo de Areia

Bom noite galera, desculpa não ter postado semana passada, mas não deu tempo :/ Mas enfim, o post de hoje vai falar da felicidade que dura pouco, feita de areia... Espero que gostem :D


Castelo de Areia

Não dura
Nem vale a pena
Não é segura
Mas não é pequena
E deve ser por isso
Que me dói tanto
Ver meu reino cair
Tomado pela escuridão

Tão instável
Tão incontrolável
Pudera eu
Não ser tão feliz ao seu lado
Pudera... Não posso...
Não tenho opção
Minha torre se ergue
Para depois eu cair de lá

Até quando serei rei
Desse castelo de areia?
Alguém me mostra a pedra?
Alguém me mostra o concreto?
Pois tamanha é a dor que me contagia
Quando o vento enfim assobia
E desmancha a fortaleza
Que tanto me custou construir

O que acharam? Comentem aí o/

2 comentários:

João Alcim disse... / 25 de novembro de 2010 18:10  

Diferente, Mat. Completamente contrário a tudo o que vi escrito por você. Mas gostei. =)

Mateus Spessotto disse... / 26 de novembro de 2010 13:33  

é, cada hora vem uma inspiração diferente, vai entender... HSAUHSAUH mas valeu cara :D