Para onde vou

Boa tarde pessoal! O post de hoje vai falar sobre um eu-lírico que pretende ir atrás dos seus sonhos mesmo que talvez ele não consiga alcançá-lo... Espero que gostem, depois comentem!


Para onde vou

Para tão longe estou voando
Que não sei onde irei parar
Nem quão alto irei chegar
E se a queda me machucar?
Não posso ter medo
De seguir em frente
Quero entrar nessa luta
Que não sei se vou ganhar
Pois o maior erro de todos
É nem ao menos tentar
Pelo simples medo de falhar
Eu quero ir longe
Eu quero ir além
Ser mais do que só alguém
Irei querer sempre mais
Não ser grande, e sim o maior
Eu quero é seguir o meu sonho
Mesmo que eu não consiga
Vê-lo muito bem daqui
Mesmo que ele esteja
Muito longe daqui

Comentem aí o que acharam ^^

2 comentários:

João Alcim disse... / 2 de dezembro de 2010 20:01  

Diferente... Acho que com trabalho duro e concentração a gente pode conseguir qualquer coisa.

Mateus Spessotto disse... / 2 de dezembro de 2010 20:03  

Variando um poco... HASUSAHUASH
Só não podemos desistir ;]